Gêneros do Cinema
O cinema de Terror: A radicalização das emoções para o mal

O cinema de Terror: A radicalização das emoções para o mal

Conceituação e influências

Terror e/ou Horror é um gênero cinematográfico que procura uma reação emocional muito forte e negativa dos espectadores, ao jogar com os medos primários da audiência. Inspirado na literatura macabra, principalmente do século XIX, de autores como Edgar Allan Poe, H.P. Lovecaft, Bram Stoker e Mary Shelley, os filmes de terror têm mais de um século, caracterizados por cenas que assustam o espectador.

Foi a partir da influência do movimento cinematográfico do expressionismo alemão já na segunda década do século XX que o cinema de terror ganhou força como um gênero próprio. Se tornou um cinema de radicalização das emoções humanas através de personagens doentios, reais e imaginários, situações tenebrosas e imagens chocantes. Os temas do macabro e do sobrenatural são muito frequentes. O terror também se pode sobrepor com os gêneros de fantasia, ficção científica, sobrenatural e o thriller.

Escritores que foram a base para o cinema de terror

Edgar Allan Poe, autor de “O Corvo”, 1845

H.P. Lovecaft, autor do conto “O Chamado de Cthulhu”, 1926

Bram Stoker, autor do romance gótico “Drácula” (1897)

Mary Shelley, autora do livro “Frankestein”, 1818

Um dos mais populares escritores de terror contemporâneo é Stephen King, conhecido por ter escrito as famosas obras CarrieO IluminadoItMisery e muitas outras. Inúmeras de suas obras literárias foram adaptadas para o cinema e tiveram muito sucesso de público.

O escritor Stephen King, muito popular no cinema de terror

Os filmes de terror lidam com os pesadelos do espectador, as fobias ocultas, a repulsa e o medo do desconhecido. Os enredos dentro deste gênero muitas vezes envolvem uma força maligna, evento ou personagem, geralmente de origem sobrenatural, para o mundo normal de todos os dias. Existem dois tipos mais populares do cinema de terror: O terror explícito, que geralmente tem mortes e sangue, e o terror psicológico, que lida com situações de medo extremo.

Os Elementos cinematográficos predominantes incluem fantasmas, alienígenas, vampiros, lobisomens, demônios, dragões, temas relacionados com a morte, tortura, animais ferozes, bruxas más, monstros, rebelião das máquinas, palhaços malvados, zumbis, canibais e assassinos em série. Por outro lado, os filmes sobre o sobrenatural não são necessariamente sempre de terror e/ou horror.

O primeiro filme de terror

O curta-metragem A Casa do Diabo (1896), do pioneiro francês Georges Méliès, é considerado o primeiro filme de terror da história do cinema.

Cartaz de “A Casa do Diabo”, 1896

Cenas de “A Casa do Diabo”, 1896

Uma seleção de filmes de terror ao longo da história do gênero

Foram selecionados 15 filmes representativos do cinema de terror ao longo das décadas com pequenos comentários sobre eles.

Filme: Nosferatu, 1922

Direção: Friedrich Murnau

Sinopse: Hutter, agente imobiliário, viaja até os Montes Cárpatos para vender um castelo no Mar Báltico cujo proprietário é o excêntrico conde Graf Orlock, que na verdade é um milenar vampiro que, buscando poder, se muda para Bremen, Alemanha, espalhando o terror na região. Curiosamente quem pode reverter esta situação é Ellen, a esposa de Hutter, pois Orlock está atraído por ela.

Nosferatu, 1922

Cenas de “Nosferatu”, 1922

Filme: Frankenstein, 1931

Direção: James Whale

Sinopse: Dr. Henry Frankenstein, um obstinado cientista, decidido a provar suas teorias de criar vida a partir dos mortos, constrói um corpo de partes de vários cadáveres que ele recolhe em cemitérios. Quando só falta o cérebro para que seja finalizada a criatura, seu assistente acaba trazendo uma redoma com o cérebro de um assassino, sem que o doutor o saiba. Daí, surge um monstro.

Frankenstein, 1931

Cenas de “Frankenstein”, 1931

Filme: Dr, Jekyll e Mr. Hyde (O Médico e o Monstro), 1931

Direção: Rouben Mamoulian

Sinopse: O filme gira em torno de um médico que acredita que os homens têm dois lados – um lado bom e um lado mau. Ele tenta separar os dois fazendo experiências com produtos químicos e acaba virando uma fera.

Dr. Jekyll e Mr. Hyde (O Médico e o Monstro), 1931

Cenas de “Dr. Jekyll e Mr. Hyde”, 1931

Filme: O Vampiro, 1932

Direção: Carl Dreyer

Sinopse: Um jovem viajante chamado Allan Gray estuda sobre a evolução do mal e dos vampiros dos séculos passados. Por causa da sua obsessão com aparições sobrenaturais, ele visita uma antiga pousada e encontra diversas evidências de que ali existem vampiros. O problema é que depois de muito estudar esse assunto, para Allan já quase não existe mais diferença entre o real e o irreal.

O Vampiro, 1932

Cenas de “O Vampiro”, 1932

Filme: Casa de Cera, 1953

Direção: André De Toth

Sinopse: É um filme de terror e mistério estrelado por Vincent Price, que se especializou em filmes desse gênero. O ator se apresenta como um escultor desfigurado que repovoa seu museu de cera destruído assassinando pessoas e usando seus restos revestidos de cera como exibições.

Casa de Cera, 1953

Cenas de “Casa de Cera”, 1953

Filme: À Meia Noite Levarei sua Alma, 1964

Direção: José Mojica Marins

Sinopse: O cruel e sádico coveiro Zé do Caixão, temido e odiado pelos moradores de uma cidadezinha do interior, está obcecado em conseguir gerar o filho perfeito, aquele que possa dar continuidade ao seu sangue. A sua mulher não consegue engravidar e ele acredita que a namorada do seu melhor amigo é a mulher ideal que procura. Violada por Zé do Caixão, a moça quer cometer suicídio para regressar do mundo dos mortos e levar a alma daquele que a violou.

À Meia Noite Levarei sua Alma, 1964

Cenas de “À Meia Noite Levarei Sua Alma”, 1964

Filme: O Bebê de Rosemary, 1968

Direção: Roman Polanski

Sinopse: Um jovem casal, Rosemary (Mia Farrow) e Guy Woodhouse (John Cassavetes), se muda para um prédio em Nova York habitado por estranhas pessoas, onde coisas bizarras acontecem. Quando ela engravida, passa a ter estranhas alucinações e vê o seu marido se envolver com os vizinhos, uma seita de bruxas que quer que ela dê a luz ao Filho das Trevas.

O Bebê de Rosemary, 1968

Cenas de “O Bebê de Rosemary”, 1968

Filme: O Exorcista, 1973

Direção: William Friedkin

Sinopse: Regan, uma jovem, exibe um comportamento bizarro depois de brincar com um tabuleiro Ouija. Chris, sua mãe e atriz, consulta dois padres que concluem que Regan está possuída por uma entidade demoníaca. Um exorcista é chamado para curar a jovem. O filme foi um estrondoso sucesso e muito assustador.

O Exorcista, 1973

Cenas de “O Exorcista”, 1973

Filme: Carrie, a Estranha, 1976

Direção: Brian De Palma

Sinopse: Carrie White (Sissy Spacek) é uma jovem quieta e sensível que enfrenta os insultos de seus colegas de escola e os maus-tratos da mãe Margaret (Piper Laurie), uma fanática religiosa. Ao menstruar no banheiro do colégio, é humilhada por suas colegas e passa a agir de forma estranha. No dia de sua noite de formatura, Carrie, de dezessete anos, descobre que possui poderes telecinéticos. Ela usa seus poderes quando é humilhada após uma pegadinha.

Carrie, a Estranha, 1976

Cenas de “Carrie, a Estranha”, 1976

Filme: O Iluminado, 1980

Direção: Stanley Kubrick

Sinopse: Jack Torrance (Jack Nicholson) é um aspirante a escritor e alcoólatra em recuperação, que aceita uma posição como cuidador de entressafra do isolado Overlook Hotel nas Montanhas Rochosas do Colorado. Depois que uma tempestade de inverno deixa o local coberto de neve, a sanidade de Jack se deteriora devido à influência das forças sobrenaturais que habitam o hotel, colocando sua esposa e filho em perigo.

O Iluminado, 1980

Cenas de “O Iluminado”, 1980

Filme: Poltergeist, 1982

Direção: Tobe Hooper

Sinopse: Um casal vive uma vida tranquila em Orange County, Califórnia, numa comunidade planejada chamada Cuesta Verde, onde Steven é um bem sucedido incorporador e Diane, sua esposa, cuida de seus três filhos. A casa dos sonhos de uma família se transforma em seu pior pesadelo quando espíritos malignos surgem para atormentá-los e possuem a alma de sua filha inocente.

Poltergeist, 1982

Cenas de “Poltergeist”, 1982

Filme: Drácula de Bram Stoker, 1992

Direção: Francis Ford Coppola

Sinopse: Vlad Drácula, um líder romeno do século XV, retorna de uma vitória contra os turcos e descobre que sua esposa cometeu suicídio depois que seus inimigos relataram falsamente sua morte. Um padre diz a ele que a alma de sua esposa está condenada ao Inferno. Enfurecido, Vlad profana a capela e renuncia a Deus, declarando que se levantará da sepultura para vingar sua esposa com todos os poderes das trevas. Ele então enfia sua espada na cruz de pedra da capela e bebe o sangue que sai dela, tornando-se um vampiro.

Drácula de Bram Stoker, 1992

Cenas de “Drácula de Bram Stoker”, 1992

Filme: Pânico, 1996

Direção: Wes Craven

Sinopse: Sidney Prescott (Neve Campbell) começa a desconfiar que a morte de dois estudantes está relacionada com o falecimento da sua mãe, há cerca de um ano. Enquanto isso, os jovens da pacata cidadezinha começam a receber ligações de um maníaco que faz perguntas sobre filmes de horror. Quem erra, morre. As perguntas seguem uma lógica que será desvendada numa grande festa escolar.

Pânico, 1996

Cenas de “Pânico”, 1996

Filme: O Lobisomem, 2010

Direção: Joe Johnston

Sinopse: Na Inglaterra, durante a era vitoriana, Lawrence Talbot, um homem que retorna da América para sua terra ancestral para investigar a misteriosa morte de seu irmão, é mordido por um lobisomem. A partir disso, durante a lua cheia, Talbot começa a sua transformação em uma criatura que segue apenas aos seus instintos, um lobisomem. E ele terá outra surpresa terrível em relação ao seu pai.

O Lobisomem, 2010

Cenas de “O Lobisomem”, 2010

Filme: Invocação do Mal, 2013

Direção: James Wan

Sinopse: Em Harrisville, Estados Unidos, uma família se muda para uma casa de fazenda onde vivenciam fenômenos paranormais. Eles consultam um casal de demonologistas para ajudá-los a descobrir o que é e o porquê daquilo tudo acontecendo.  É quando o passado começa a revelar uma entidade demoníaca querendo continuar sua trajetória de maldades.

Invocação do Mal, 2013

Cenas de “Invocação do Mal”, 2013

eBooks para venda – Clique abaixo para comprar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *